Siga nossas redes sociais
Dicas, notícias, e-books e vídeos
exclusivos sobre o universo pet/veterinário.

Blog da AIC

Um Blog Animal
11 de Agosto de 2016 | AIC VETERINÁRIA | Dicas

​Que cuidados básicos devo ter com o meu cachorro?

Os apaixonados por cães como nós diriam que o cuidado essencial com o animal de estimação é a atenção e o amor, ainda mais quando ele é considerado um membro da família.

Mas tudo o que a gente ama precisa ser cuidado. Inicialmente, assim que o cão é levado para seu novo lar, ele precisa de um período de adaptação. É neste período que ele vai “reconhecer o território”, e se familiarizar com ele. Estas situações são mais comuns principalmente para cães que mudam de donos e consequentemente de espaço.

Para que esta adaptação seja a melhor possível, o recomendado é dar atenção e carinho ao seu cão, para que ele se sinta bem em seu novo lar. E tenha muita paciência neste período de adaptação. Após isso tenha estes os 6 cuidados básicos que devem ser observados e aplicados periodicamente:


1. Conheça as características e as necessidades da raça do seu cão

Ao aprofundar as orientações sobre os cuidados, é preciso levar em conta a raça do seu cão. Isso porque algumas raças exigem cuidados mais frequentes que outras, principalmente em relação à higiene e alimentação. Alguns cães, por exemplo, necessitam a escovação diária dos pêlos. A quantia de pêlos do seu cão também interfere na temperatura do seu corpo. No inverno, mesmo que seu cão tenha muitos pêlos, ele precisa de um lugar aconchegante e protegido para se abrigar, evitando que passe frio. E nos dias de calor, um lugar arejado é fundamental para seu bem estar e saúde.

Clique aqui e conheça um guia completo de raças!


2. Cuidados com a alimentação

O discurso sobre a alimentação saudável relacionada a uma vida mais saudável vale também para os cães.

Os alimentos que fornecemos aos nossos cães devem ser apropriados à idade, ao tamanho, bem como a raça do animal. Assim como nós humanos, para os cães também é importante que as refeições sejam feitas em horários determinados.

Mesmo no horário estabelecido, se o seu cão não se alimentar, não o obrige a comer. Guarde a refeição para outro horário.

É importante estar atento também à quantidade diária ideal de alimentos para o seu cão. As embalagens de ração especificam a quantia recomendada para cada idade.

E deixe sempre água à disposição para seu cão.


Cuidados com higiene

O banho é um cuidado básico na higiene do seu cão.

Assim como a escovação, o banho deve ser dado levando em conta o tipo de pêlo e demais características da raça, bem como as atividades que o cão desenvolve.

Para higienização também deve ser utilizado um shampoo específico para cães como os da linha Cão Fiel da AIC.

Fique atento aos olhos e ouvidos do seu cão. Os olhos devem ser brilhantes e livres de corrimentos. A limpeza deve ser diária com uma solução oftalmológica adequada.

Os ouvidos devem estar sempre limpos. Não utilize cotonetes, álcool ou água oxigenada, mas sim produtos de limpeza próprios para cães.

Os dentes também exigem cuidados diários. Para que seu cão esteja sempre limpinho e cheiroso, faça a escovação diária dos dentes, com uma pasta e escova próprias.

Uma das tarefas que pode parecer bastante difícil é ensinar o seu cão a fazer as necessidades no lugar certo. Uma dica simples é colocar um jornal próximo ao local onde seu cão dorme, mas afastado da água e da comida, já que o cão por instinto não faz cocô e xixi perto de sua comida. E não esqueça de agradar seu cãozinho sempre que ele agir corretamente, como forma de incentivá-lo.

Para facilitar a limpeza você pode utilizar o Gel Absorvente de Urina Cão Fiel. O produto transforma a urina em um gel seco, facilitando a limpeza e remoção, impedindo que a urina fique impregnada no piso. O produto também deixa no piso uma suave fragrância de limpeza.


Cuidados com a saúde do seu cão

A alimentação e a higiene estão relacionadas diretamente a saúde dos animais de estimação.

Além disso, seu cão também precisa receber vacinas.

A orientação dos médicos veterinários é que a vacinação seja feita logo a partir das 5 semanas de vida para evitar doenças infecto-contagiosas.

Os cães podem ter dois tipos de parasitas: internos e externos. A desparasitação interna (“remédio das bichas”) deve ser iniciada aos 15 dias de vida, repetida a cada 15 dias até os 3 meses, passando depois a ser mensal até aos 6 meses. A partir daí o cão deve fazer a desparasitação de 3 em 3 meses. O cachorro deve ser protegido também de parasitas externos (pulgas, carraças, piolhos, mosquitos e ácaros) utilizando produtos adequados todos os meses.

A linha de produtos MATACURA é líder de mercado e foi feita especialmente para esse tipo de tratamento.

Lembrando que estas são orientações gerais. É sempre importante que você leve seu cão com frequência ao veterinário, e que esclareça qualquer dúvida com o profissional responsável.

Cuidados gerais para o bem estar do seu cão

Nunca esqueça de:

  • Proteger seu cão do sol, da chuva e dos ventos fortes;
  • Instalar telas protetoras nas janelas no apartamento para evitar que o bichinho caia pela janela ou fuja para a rua;
  • Manter o local de abrigo sempre limpo;
  • Castrar/esterilizar seu animal para evitar uma superpopulação e abandonos;
  • Dar atenção e brincar. Os animais também precisam de amor e carinho;
  • Ficar atento em relação a possíveis mudanças de comportamento e sintomas de doenças;
  • Tenha paciência ao educar seu cão. Não use violência, pois ele estará aprendendo da forma errada.


Quer saber mais sobre cães?

Fonte: Hospital Veterinário da Maia, SOZED



Deixe seu comentário: Comentar
Gostou? Compartilhe:

Facebook AIC

Cadastre-se na nossa lista

e receba conteúdos periódicamente no seu e-mail