Siga nossas redes sociais
Dicas, notícias, e-books e vídeos
exclusivos sobre o universo pet/veterinário.

Blog da AIC

Um Blog Animal
30 de Junho de 2016 | AIC Veterinária | Cães

Qual a quantidade de ração ideal para o meu cão?

A alimentação dos cães adultos devem ser suficiente para suprir suas necessidades energéticas. As rações secas são ótimas e já vem com tudo o que seu cão precisa pra ter uma vida saudável e a ração úmida fica nos dentes do cão, o que pode ocasionar cárie e tártaro se não houver escovação dental periódica. Caso seu cão não se acostume com a ração seca logo de primeira, misture com um pouco daquela ração úmida que vem em lata e vá diminuindo a proporção, até sobrar só a ração seca.

A quantidade de alimento que um cão adulto necessita depende de seu tamanho e da quantidade de exercí­cios que faz. A tabela a seguir pode servir de guia para você:

A tabela acima é para cães adultos, conforme os cães envelhecem, suas necessidades energéticas normalmente reduzem, então reduza um pouco a dosagem se perceber que seu cão está ficando obeso. (Consulte o guia de obesidade para cães)

Fêmeas prenhes precisam de pouco alimento extra durante as primeiras 5-6 semanas de gravidez, já que nesta fase o crescimento dos filhotes é pequeno. O período de maior desenvolvimento do filhote é nas últimas 3 semanas, e nesta fase, a quantidade de alimento deve aumentar em 15% por semana até a fêmea dar a luz.

Na fase de lactação, as necessidades energéticas da fêmea podem ser 4 vezes maiores do que o normal. É por isso que, nestas circunstâncias excepcionais, ela precisa ter comida disponível durante todo o dia e deixar acessível uma grande quantidade de água fresca pois a fêmea está perdendo mais água do que normalmente perde.


Quer saber mais sobre cães?

Fonte: Tudo Sobre Cachorros e Premier Pet

Deixe seu comentário: Comentar
Gostou? Compartilhe:

Facebook AIC

Cadastre-se na nossa lista

e receba conteúdos periódicamente no seu e-mail