Siga nossas redes sociais
Dicas, notícias, e-books e vídeos
exclusivos sobre o universo pet/veterinário.

Blog da AIC

Um Blog Animal
07 de Dezembro de 2016 | Cães | Notícia

Índice de abandono de animais aumenta no fim de ano.

Esta época do ano, próxima ao Natal e ao último dos 12 meses, costuma ser de muito trabalho e compromissos para todos nós. Temos que nos preocupar com a conclusão de nossos trabalhos para que tudo esteja encaminhado no próximo ano, com a preparação para o Natal e os inúmeros compromissos que a época exige.

Estamos também preocupados em deixar tudo pronto para o novo ano que chega, e muitas vezes só pensamos nas férias. Arrumar as malas em busca de descanso e lazer. E muitas vezes, quem sofre com isso, são os nossos animais de estimação que carecem de atenção e cuidados. Infelizmente, muitos deles acabam sendo literalmente abandonados porque seus donos não se preocupam mais, ou alegam não ter tempo para eles.

O abandono de animais cresce em torno de 30% nesta época de final de ano. Os donos preocupados em viajar não têm com quem deixar seus animais, e crescem os abandonos em ONGs ou até nas ruas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, todo ano, cerca de 30 milhões de animais são abandonados no Brasil. A maioria dos abandonos acontece justamente no período das férias.

Importante lembrar que abandono é crime, e o infrator pode sofrer penalidades previstas em lei. Mas o pior de tudo, é o sofrimento causado ao animal. Com o abandono o cão ou gato será exposto a vários riscos: de ser atropelado, aos maus tratos, a fome, a sede e a falta de atenção.

Ao contrário do que muitos donos pensam quando abandonam um animal, é muito improvável que nesta época, com o alto índice de abandono, que alguém se sensibilize e leve para casa o cão ou gato que encontrou na rua.

Os animais não são brinquedos para serem descartados quando passa a vontade de brincar com eles, ou depois que deixam de serem filhotes lindos e fofos, e crescem, dando mais trabalho e exigindo mais atenção.

Mesmo abandonados, animais sentem saudades e querem voltar para seu lar

O filme, “A Incrível Jornada”, conta a história de um gato e dois cachorros que se perderam e precisaram trabalhar juntos para encontrar de novo o caminho para o lar. Eles se perderam por algum motivo, e com saudades dos seus donos, querem voltar para casa. Os animais abandonados tem uma reação semelhante, mesmo quando seus donos querem se desfazer deles, eles sentem falta dos seus lares.

Na internet também encontramos inúmeras campanhas publicitárias e filmes sobre o abandono de animais. Um desses filmes, criado pela Buzzman para a fundação francesa 30 Millions d’Amis, mostra a fidelidade e o amor de um cão ao seu dono. O cachorro acompanha o seu dono nos momentos mais críticos e com sua morte acaba abandonado.

Mas como os animais conseguem encontrar o caminho de volta?

Pesquisadores explicam que os cachorros utilizam principalmente o olfato para retornar para casa. Além do cheiro, o animal também pode reconhecer objetos que estão nas redondezas de onde ele faz o seu passeio ou foi abandonado.

Nos gatos, a principal teoria é que a viagem é feita através dos campos magnéticos. Quando se veem perdidos, eles ativam uma espécie de bússola interna e encontram um jeito de retornar.

Os cães voltam porque tem saudade do dono. Já os gatos, é devido a saudade de um terreno conhecido, no qual ele se sente seguro e confortável. A volta para casa é motivada pelo amor aos seus donos e saudades do lar.

Ter um animal de estimação exige responsabilidade!

Já em outros momentos falamos sobre o compromisso que é levar para casa um cão ou um gato. O animal passa a fazer parte da nossa vida, da nossa família.

O fato de viajar e ficar ausente por certo período deve ser levado em conta quando você pensa em ter um bichinho. Se você já tem essa previsão de se ausentar, pesquise com antecedência um local adequado para deixar seu cão. Amigos, familiares ou conhecidos são uma boa opção. Mas se isso não for possível, há estabelecimentos habilitados para cuidar do seu bichinho enquanto estiver fora.

Incentivar a adoção dos muitos animais sem lar é uma ótima iniciativa, mas uma causa ainda maior é incentivar a não abandonar. Dessa forma, diminuem os cães e gatos nas ruas.

E lembre-se: abandonar não é uma opção, é crime! Todo animal merece posse responsável e tratamento correto!

Fonte: Pet Mag e Mega Curioso


Deixe seu comentário: Comentar
Gostou? Compartilhe:

Facebook AIC

Cadastre-se na nossa lista

e receba conteúdos periódicamente no seu e-mail