Siga nossas redes sociais
Dicas, notícias, e-books e vídeos
exclusivos sobre o universo pet/veterinário.

Blog da AIC

Um Blog Animal
04 de Novembro de 2016 | Notícia

AIC Veterinária participa da Feira Adoção de Cães e Gatos

Fonte: Foto Fernanda Peixoto

A Feira de Adoção promovida pela da ONG Viva Bicho ocorreu no dia 29 de outubro, em Balneário Camboriú. A feira teve como objetivo incentivar a adoção de animais, de forma responsável.

A AIC Veterinária forneceu lanches e sucos aos voluntários da ONG Viva Bicho, e também entregou amostras de seus produtos junto com folders e orientações para as pessoas que adotam os animais.


De acordo com o Senhor Gilberto (terceira foto acima), representante comercial da AIC em Santa Catarina “...as atitudes dos voluntários da ONG VIVA BICHO são louváveis, pois dedicam cuidados com muito carinho aos animais para que encontrem um lar e recebam todo apoio daqueles que adotam e apoiam a causa”.

Fundada em 2003, a Viva Bicho tem como missão fazer campanhas educacionais de conscientização sobre posse responsável e castração, e também resgatar animais correndo risco de morte e maus tratos, deixando-os em condições de adoção (castrados, desverminados e vacinados).

Além da Feira de Adoção, a ONG Viva Bicho também promove todos os anos a tradicional “Cãominhada”, que na edição deste ano ocorreu em comemoração aos 52 anos de Balneário Camboriú.

Adoção deve ser consciente e responsável!

Milhares de animais chegam diariamente a abrigos ou estão nas ruas, sofrendo com a falta de comida e água, mas principalmente de carinho. Você já pensou em adotar um desses animais e lhe dar uma segunda chance de ter uma família e um lar?

Adotar é gesto de bondade e solidariedade com cães e gatos abandonados ou que nasceram e cresceram na rua sem ter nunca sentido o que é o aconchego de uma família.

Se você já vem planejando em adotar um animal, é importante ficar atento a algumas informações. Converse com sua família sobre a adoção. Tenha certeza que todos concordam, para evitar que o animal sofra com um novo abandono depois.

É importante levar em conta que filhotes dão mais trabalho no início, mas aprendem mais rápido. Adultos já podem ter adquirido hábitos, mas nem por isso deixam de se adaptar.

Filhotes precisam gastar energia e adultos são mais calmos. Independente da idade, o temperamento determina o sucesso do adestramento. O importante é respeitar o tempo do animal e oferecer recompensas.

Cães e gatos se adaptam facilmente. Se bem tratados, ficarão calmos e felizes no novo lar. Tenha paciência e cuidados diários para que o animal se adapte as mudanças.

Também há casos em que a adoção não deve ser feita:

  • Quando o cão está sendo adotado para ser um cão de guarda
  • Quando o gato for adotado para manter controle populacional de ratos
  • Ou quando o pet for somente um brinquedo e uma distração para crianças.
  • Adotar exige responsabilidade. Não se esqueça de que o animal já pode ter sofrido muito e merece ser feliz.

Fonte: Foto Fernanda Peixoto, Casa e Jardim, Blupet e ONG Viva Bicho

Deixe seu comentário: Comentar
Gostou? Compartilhe:

Facebook AIC

Cadastre-se na nossa lista

e receba conteúdos periódicamente no seu e-mail